O que é? | Rastreabilidade | Especificações | Pontos de venda | Receitas | Conselhos

 
 
 

O que é a Carne Mirandesa ?

A Carne Mirandesa é produzida nas pastagens naturais do nordeste transmontano, numa região que se situa acima dos 500 m de altitude.

Esta região abrange 6 concelhos do Distrito de Bragança que são: Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso, Vinhais, Bragança e Macedo de Cavaleiros.


A Carne Mirandesa é produzida em pastagens naturais com uma composição florística própria.

Estas pastagens têm o nome de lameiros.

Além da erva dos lameiros os animais consomem no seu dia-a-dia um conjunto muito diversificado de forragens que os criadores produzem para satisfazer as suas necessidades quando os lameiros não têm erva. Assim destacam-se pela sua importância os fenos de aveia e lameiro, as milharadas, as ferrãs e o nabal.

A Raça Mirandesa possui características genéticas próprias que associadas a um sistema de alimentação natural conferem à carne qualidades organolepticas únicas. Assim, é de realçar a excepcional tenrura e suculência aliadas a aromas e sabores que a diferenciam de qualquer outra carne de bovino.

A sua especificidade, qualidade e genuinidade foi reconhecida pela Comissão da União Europeia através da atribuição de uma Denominação de Origem Protegida (DOP) para a "Carne Mirandesa".


Símbolo DOP (denominação de origem protegida)

 

A Carne Mirandesa é comercializada em duas categorias, vitela e novilho.

Vitela
É proveniente de animais, com idade compreendida entre os 6 e os 8 meses de idade, de ambos os sexos, que permanece com a mãe durante esse período.
A carne procedente destes animais apresenta uma cor rosa claro, com uma gordura de cor branca e distribuição homogénea, com grão fino, consistência firme, ligeiramente húmida.

Novilho
Esta carne é proveniente de animais recriados, após o desmame, cujo o abate se processa entre os 10 o 18 meses, de ambos os sexos.
A carne destes animais apresenta uma cor vermelha clara, consistência firme, ligeiramente húmida e moderada gordura intramuscular.

Os animais que produzem a Carne Mirandesa são obrigatoriamente de Raça Mirandesa, pelo que têm que estar inscritos no Livro Genealógico da Raça.

Para garantir a genuinidade da Carne Mirandesa criou-se um sistema de controlo e certificação que visa assegurar a rastreabilidade da Carne Mirandesa.

A comercialização da Carne Mirandesa é feita através da AGROPEMA – Agrupamento de Produtores sediado em Miranda do Douro.

A AGROPEMA integra todos os produtores na Cooperativa Agro Pecuária Mirandesa e distribui os seus produtos em estabelecimentos seleccionados.

Símbolo Carne Mirandesa
Símbolo “Carne Mirandesa”

Para poder utilizar a designação "Carne Mirandesa" todos os intervenientes na sua Fileira têm que cumprir as normas de produção e transformação previstas no caderno de especificações.

 
     

Actualização em 23 May, 2005